Lenovo publicou hoje (21) os seus resultados fiscais para o quarto trimestre de 2018, conseguindo lucro líquido de US$ 233 milhões no período. Segundo a empresa, os principais negócios a contribuir para o resultado foram as divisões de PCSD (PCs e Smart Devices) e de dispositivos móveis. Essa é a primeira vez desde a compra da Motorola em 2014 que a empresa chinesa consegue lucrar com seu negócio de celulares e tablets.

Esse valor não é tão impressionante como os de gigantes como Samsung e Apple, mas é um crescimento bastante significativo para a Lenovo que, no mesmo período de 2017, estava registrando prejuízo de US$ 289 milhões.

Infelizmente, a Lenovo não revelou números exatos para sua divisão de smartphones. Assim, não sabemos quanto em dinheiro foi arrecadado, tampouco quantos smartphones foram vendidos. Mesmo assim, a empresa revelou que houve um grande crescimento nas vendas na América do Norte e na China, e a marca Motorola conseguiu se manter como a segunda mais vendida na América do Sul.

Já a divisão de PCs teve alguns números publicados. A empresa teve uma receita de US$ 10,7 bilhões nos três últimos meses de 2018, registrando um crescimento de 11,6% na comparação com o mesmo período do ano anterior. Não sabemos, contudo, com quanto em lucro essa divisão contribuiu para o resultado geral.

Fonte: https://www.tecmundo.com.br/mercado/138949-5-anos-compra-motorola-finalmente-registra-lucro-lenovo.htm

Materia completa